0 A escrava de Atenas: subjulgada, abusada e amada



Cindy Stockler quebra todos os conceitos com uma história enigmática e sofrida com toques do drama grego, e apresenta uma personagem que já não tem mais chances de voltar a sua antiga vida, até que se percebe heroína e encontra o seu herói
O orgulho e a raça das mulheres de Atenas se projetavam para além do desejo de construir uma família aos moldes da sociedade, elas mantinham a certeza de que aquela forma de viver as manteriam seguras, mas não foi assim com Callíope.
A autora Cindy Stockler constrói uma verdadeira guerreira, daquelas que não vemos comumente na literatura, a que luta pela sua vida dentro dos costumes culturais. Callíope – a escrava de Atenas fará os leitores viajarem no tempo para 2.500 anos atrás e poderão desfrutar de todas as sensações que apenas a cidade helênica pode proporcionar.

Bonita e aos 15 anos foi entregue a um homem mais velho, conforme os custumes da época, porém o destino não deixou que se cumprisse. Callíope, em meio a confusão da Guerra do Peloponeso e ataques espartanos, num revés inesperado, é vendida como escrava.

            “Tártaros queria “compensar” o patrão daquele gasto exagerado. Tão logo chegaram à casa, havia ele mesmo grosseiramente cortado os compridos e macios cabelos de Callíope rente à nuca para vender na ágora às ricas mulheres, para fazerem tranças. As outras escravas assistiram à cena onde a novata, ainda meio amedrontada, fora humilhada pelo capataz que, com brutalidade, lhe pegara os cabelos com uma das mãos, machucando-a, e com a outra passara um facão em linha reta, empurrando-a em seguida.
- Venha.... Eu a ajudo... – dissera uma escrava mais velha, apiedando-se da garota que, caída no chão, atordoada, mal conseguia se levantar”.
Longe da família, sem ninguém, não mais dona nem de seu próprio corpo, subjugada à ira do capataz que a odeia, sendo obrigada a ações humilhantes e assediada por ricos cidadãos que desejam seus “favores”, a  jovem helênica tudo enfrenta de cabeça erguida, em seu coração sempre prevalecendo a honra de seus pais.
Nesta incrível viagem no tempo – Callíope – a escrava de Atenas – os monumentos, estátuas, cultura e ruas são detalhadas de uma forma viva e real. Facilmente os apreciadores da literatura de romance e de história criam empatia com os personagens e as técnicas de escrita da autora. E, além do romance, a obra permite uma imersão no contexto educacional com um aprêndice cheio de explicações sobre a época e costumes.

Callíope – a escrava de Atenas
Edição: 1ª
Letras do Pensamento
ISBN:9788562131288
Ano: 2017
Páginas: 336
SOBRE A AUTORA:  
Cindy Stockler, romancista e advogada, é autora, entre outros, de “Operação Caipiroska” – romance que se passa em São Paulo. Especialista em ambientizar histórias em lugares singulares e detalhar cada peculiaridade da cultura, a escritora gosta de filmes e romances de época, além de viajar e conhecer as minúcias das grandes e pequenas cidades no Brasil e no mundo - o que contribui para suas idéias e seus romances.


0 Lançamentos de Dezembro da Harlequin Books Brasil

Olá, galera!


HO HO HO... E dezembro está chegando! Nem acredito, passou voando não é mesmo?
Natal vem aí, uauuu...

Sabe mais o que tem nesse mês mega especial? Os lançamentos desse mês da editora Harlequin Books Brasil. Sim, foram 12 meses de super lançamentos, com muito romance, amor, paixão e sedução. 

Que tal pedir ao Papai Noel vários livros para assim ler nas tão esperadas férias?

Psiu, confira tudo:






E aí, gostaram? Eu amei e super recomendo.

Para adquirir os livros, basta entrar no site abaixo ou ir a uma banca de jornal mais perto de sua casa.



0 Muita neve e suspense nesse natal!

Presenteie quem você ama com o romance policial Anjo russo
Não esqueça o presente de natal dos seus entes queridos. Incentive a leitura e dê Anjo Russo de presente, quem ganhar vai se apaixonar por essa história cheia de suspense e repleta de referências nórdicas. Não vale deixar para a última hora! Compre através do site http://bit.ly/2hBjNW8
Na instigante obra, Liudmila, uma russa com cidadania dinamarquesa, é acusada e presa por um atentado. Enquanto isso, a alguns bons quilômetros dali, Mattias Larsen, homem frio e calculista, capaz de sentir afeto somente por um lobo domesticado que  adotou, ri e comemora a notícia iminente da morte de Elisa, esposa de seu patrão, Eirik Leiv.

Em busca de uma preciosidade denominada   "O Tesouro de Iduna", Mattias percorre um caminho obscuro,  passando pela Escandinávia. Ali ele rouba o "Códice de Uppsala",  manuscrito medieval islandês que inclui a versão mais antiga do Edda em Prosa, doado em 1669  à Biblioteca da Universidade de Uppsala pelo chanceler Magnus Gabriel de La Gardie ‒ o suposto favorecido do tesouro.
Com a combinação dos códigos em alguma parte desse Códice e de inscrições na Caixa de Freixo, o qual teria pertencido à Rainha Cristina da Suécia, (que teria elaborado o mapa do tesouro e ofertado tal presente a seu protegido da corte, Magnus Gabriel, no Século XVII), Mattias tem a certeza de que encontraria o tesouro.   Para tal,  revela-se disposto a eliminar todos que ousassem atravessar seu caminho e atrapalhar seu plano para pôr as mãos naquela fortuna incalculável ‒ inclusive Elisa.
A intenção de Mattias nunca fora repartir seu tesouro com ninguém e muito menos com ela. A grande ambição que sedimentava o seu coração, como flocos de neve que caíam do lado de fora do barco, o cegava, e ele estava disposto a tirar quem quer que fosse do seu caminho, para pôr as mãos naquele tesouro, custasse o que custasse. (p. 106)
Além de apresentar os costumes, curiosidades e tradições do país escandinavo, Zia cria em "Anjo Russo" uma incrível ambientação de suspense para prender os leitores em mínimos pormenores de uma investigação. Ao expor um enredo sobre descoberta, pertencimento, coragem e amor, a escritora também incentiva o interesse por diferentes culturas, além dos horizontes de territórios. Uma voz brasileira que vai além das terras de onde nasceu, e encanta pessoas dos mais diversos países.
Ficha Técnica
Autora: Zia Stuhaug
Título: Anjo Russo
ISBN: 9788565558310
Editora: Mais Que Palavras
Páginas: 248
Preço: R$ 32,00

SOBRE A AUTORA:  
Zia Stuhaug é compositora, poetisa e escritora infantojuvenil bilíngue português/norueguês, com quatro livros infantis publicados no Brasil e Noruega. Nasceu em Engenheiro Beltrão (Paraná)  e, atualmente, vive com a família na Noruega. Graduou-se em Administração pela Universidade Estadual de Maringá, com especialização em Gestão de Pessoas pela Universidade Federal do Paraná. Teve várias participações em Antologias poéticas publicadas na Suíça, França e Itália. É proponente do Projeto de incentivo à leitura, Escola com Histórias, membro da A ALALS - Académie de Lettres et Arts Luso - Suisse, com sede em Genebra, na Suiça, e correspondente internacional da Unijore (União dos jornalistas e escritores de Maringá). Anjo Russo é seu romance de estreia.


 
type='text/javascript'/>